Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009
A passo de caranguejo

   Umberto Eco reuniu uma série de intervenções e de artigos num livro, com o título “A Passo de Caranguejo”. Título sugestivo, face a uma visão de retrocesso politico fruto de um conjunto de acontecimentos do início deste século, que, com grande lucidez e profundidade, foi identificando e analisando.

   Também por aquilo que tem acontecido em Coimbra, concretamente no âmbito político, lembrei-me daquele título e do que ele indicia.

   Um olhar sereno e profundo, sobre os últimos anos da nossa vida política, leva, estou certo, a grande maioria do conimbricenses a reconhecer que a cidade “andou para trás”.

A progressiva desvitalização do nervo político da cidade é por demais evidente e também é evidente que esse processo tem origens e causas internas, dele resultando óbvios prejuízos para a cidade.

   Um dos espaços de observação, por excelência, da actividade política local situa-se no exercício da actividade autárquica, porque aí se conjugam aspectos ideológicos com a prática de exercício do poder e, também, aí se reflectem os níveis de organização e de consistência dos principais partidos.

   Vejamos então. Hoje quem governa Coimbra é o “partido” do Dr. Carlos Encarnação que integra a o PPM, o CDS/PP, o PPD/PSD e a CDU. Esta é uma verdade insofismável verificável na organização e funcionamento do Executivo bem como da Assembleia Municipal.

   A cidade enfrenta a dificuldade de não reconhecer nenhum projecto político coerente que aponte um caminho de futuro e as sucessivas purgas e afastamentos de vereadores foi sendo feita de forma a demonstrar que não é um partido ou coligação partidária que governam mas que há alguém que põe e dispõe sem reservas.

   Tudo isto com a espantosa agravante de que esse alguém soube manobrar todo um colectivo de modo a obter ganhos políticos, inclusivamente de ordem familiar, para além de ter o estatuto de arguido, sem que isso perturbe quem quer que seja. Há alguns anos esta realidade seria impensável.

   Não é por acaso que cada vez mais o presidente da Câmara é conhecido por prefeito.

Dos restantes partidos que se opõem ao “partido” do Dr. Carlos Encarnação o único com responsabilidades na Câmara é o PS e os sinais que deu no início deste mandato não podiam ser mais preocupantes.

   Na primeira reunião, a impressão que deu foi a de desunião, de incoerência e de desinteresse.

   Desinteresse, porque o segundo elemento da lista, um apregoado trunfo técnico, faltou logo quando havia uma importante discussão de natureza técnico legal, dado que estava em apreço o Regimento da Câmara.

   Incoerência, porque na votação do referido Regimento, nomeadamente numa questão de grande sensibilidade política – a presença da comunicação social nas reuniões da Câmara – houve um renegar de toda uma história de transparência cultivada durante três mandatos consecutivos pelo próprio partido.

   Desunião, porque os três vereadores presentes votaram de forma diversa. Pior era difícil para início de mandato.

   É evidente que Coimbra vive um retrocesso galopante na qualidade da sua vida política. Há um tamponar da transparência e da abertura aos munícipes em tudo contrário a uma melhor governança, que é apanágio das cidades vivas, criativas, inovadoras e culturalmente fortes que vão emergindo por esse mundo fora.

   Infelizmente, Coimbra caminha politicamente a passo de caranguejo.

 

Escrito por João Silva

In Jornal "CAMPEÃO DAS PROVÍNCIAS"   - 19-11-2009



publicado por José Soares às 23:45
link do post | favorito

José Soares
pesquisar
 
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

MENSAGEM DE TESTE ANIMADA

PS/CONCELHIA DE COIMBRA –...

Oh Borges, porque não te ...

PS/Coimbra: Mário Ruivo e...

PS - Debate entre Mário R...

25 de Abril

25 de Abril - Histórias d...

25 de Abril 1974, E Depoi...

Ghost - o Espirito do amo...

Pescador de caranguejos

ELEIÇÕES NO OLIVAIS FUTEB...

A vida ensina-nos a escol...

Uma sociedade democrática

Earth Song - Michael Jack...

Convívio Socialista Faceb...

Feira Medieval em Buarcos

Vlog do Fernando

A sorte e a crise não são...

Parabéns: já só faltam ci...

Nós Estamos num Estado Co...

20 de Fevereiro - Históri...

19 de Fevereiro - Históri...

18 de Fevereiro - Históri...

17 de Fevereiro - Históri...

16 de Fevereiro - Históri...

15 de Fevereiro - Históri...

14 de Fevereiro - Históri...

13 de Fevereiro - Históri...

As pieguices de Passos Co...

12 de Fevereiro - Históri...

arquivos

Março 2015

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub