Quarta-feira, 27 de Julho de 2011
Quem não chora não mama.


publicado por José Soares às 15:00
link do post | favorito

Quinta-feira, 14 de Abril de 2011
Crianças maltratadas

 

Um pequenino diz à sua mãe: "Mãe eu pintei o teu lençol com baton". A mãe fica furiosa, bate-lhe e deixa-o inconsciente, de seguida pede-lhe "abre os olhos por favor", mas já era tarde demais, o seu pequeno coração parou de bater. A mãe volta para o quarto e vê o que está escrito no lençol "MÃE... EU AMO-TE!".

Por todas as crianças ......que são maltratadas…DIVULGUE este texto e esta imagem.

 

PS: Retirado do Facebook

 



publicado por José Soares às 12:27
link do post | favorito

Domingo, 3 de Abril de 2011
Eles falam falam e não dizem nada! Há muitos adultos assim.

 



publicado por José Soares às 10:27
link do post | favorito

Terça-feira, 15 de Março de 2011
PREDADORES SEXUAIS: Para divulgar pelas escolas, nossos filhos e netos.

 

 

 



publicado por José Soares às 15:58
link do post | favorito

Sexta-feira, 12 de Março de 2010
Criança Indiana brincando com Cobra Naja

Menino Indiano brincando com o seu bichinho de estimação predileto.

 

Ainda dizem que as crianças são o melhor do mundo e que as devemos proteger de todos os males!? 



publicado por José Soares às 11:02
link do post | favorito

Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010
Pai desesperado

Tenho visto vídeos engraçados. Mas este, com música, é mesmo a não perder. Como eu me identifico com ele.



publicado por José Soares às 14:00
link do post | favorito

Os Irmãos Charlie e Harry

Um clássico do Youtube, legendado em português.

 

Este video foi ontem notícia na SIC, no programa "Nós por Cá".

Eles por lá, por esse mundo fora, deixaram-se encantar por dois bebés. Charlie e Harry foram vistos por quase 150 milhões de pessoas no You Tube.



publicado por José Soares às 11:00
link do post | favorito

Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009
Bebés de hoje

 

Cuidado com a sua capacidade de vingança.



publicado por José Soares às 09:00
link do post | favorito

Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009
Texto para pais ocupados

 

A importância de saber chegar a casa a horas.

Mário Cordeiro, pediatra, disse na semana passada numa conferência organizada pelo Departamento de Assuntos Sociais e Culturais da Câmara Municipal de Oeiras, que muitas birras e até problemas mais graves poderiam ser evitados se os pais conseguissem largar tudo quando chegam a casa para se dedicarem inteiramente aos seus filhos durante dez minutos.

Ao fim do dia os filhos têm tantas saudades dos pais e têm uma expectativa tão grande em relação ao momento da sua chegada a casa que bastava chegar, largar a pasta e o telemóvel e ficar exclusivamente disponível para eles, para os saciar. Passados dez minutos eles próprios deixam os pais naturalmente e voltam para as suas brincadeiras. Estes dez minutos de atenção exclusiva servem para os tranquilizar, para eles sentirem que os pais também morrem de saudades deles e que são uma prioridade absoluta na sua vida. Claro que os dez minutos podem ser estendidos ou até encurtados conforme as circunstâncias do momento ou de cada dia. A ideia é que haja um tempo suficiente e de grande qualidade para estar com os filhos e dedicar-lhes toda a atenção.

Por incrível que pareça, esta atitude de largar tudo e desligar o telemóvel tem efeitos imediatos e facilmente verificáveis no dia-a-dia.

Todos os pais sabem por experiência própria que o cansaço do fim de dia, os nervos e stress acumulados e ainda a falta de atenção ou disponibilidade para estar com os filhos, dão origem a uma espiral negativa de sentimentos, impaciências e birras.

Por outras palavras, uma criança que espera pelos pais o dia inteiro e, quando os vê chegar, não os sente disponíveis para ela, acaba fatalmente por chamar a sua atenção da pior forma.

Por tudo isto e pelo que fica dito no início sobre a importância fundamental que os pais-homem têm no desenvolvimento dos seus filhos, é bom não perder de vista os timings e perceber que está nas nossas mãos fazer o tempo correr a nosso favor.

Mário Cordeiro, pediatra

in Boletim de Julho da Acreditar


tags:

publicado por José Soares às 15:46
link do post | favorito

Sexta-feira, 29 de Maio de 2009
Famílias de acolhimento

As famílias de acolhimento não têm sido uma forma de adopção encapotada e com graves danos para as crianças em causa?

Inicialmente são os seus bons corações a ajudar, mas depois querem a todo o custo ficar com as crianças.


tags:

publicado por José Soares às 23:47
link do post | favorito

José Soares
pesquisar
 
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Quem não chora não mama.

Crianças maltratadas

Eles falam falam e não di...

PREDADORES SEXUAIS: Para ...

Criança Indiana brincando...

Pai desesperado

Os Irmãos Charlie e Harry

Bebés de hoje

Texto para pais ocupados

Famílias de acolhimento

arquivos

Março 2015

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds