Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2012
A minha aposentação não chega para as minhas despesas

(Para ler clique aqui)

 

In: Jornal "Nordeste" - 10-02-2012

 



publicado por José Soares às 17:21
link do post | favorito

Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011
Função pública e função privada



publicado por José Soares às 14:27
link do post | favorito

Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011
Reformas - pensão pública e pensão privada

Nem que seja sozinho, continuarei a dar voz a esta injustiça por mais que isso possa incomodar alguns. Esta injusta medida, imposta por um governo do meu partido, incomoda todos os dias a mim e à minha família.

 

 

 



publicado por José Soares às 11:48
link do post | favorito

Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2011
Função Pública e Função Privada

O ministro Pedro Mota Soares, anunciou hoje que iria haver novas regras para a aposentação dos trabalhadores beneficiários da Segurança Social. Teve o cuidado de dizer que estas regras eram para ser aplicadas aos novos trabalhadores, dado que “não faz sentido aplicar estas medidas a quem está a 10 ou 15 anos da aposentação”. Acrescentou que não era agora que essas pessoas iriam organizar as suas vidas por causa desta alteração. PERFEITAMENTE DE ACORDO!!!

Só tenho pena que José Sócrates e Teixeira dos Santos não tenham tido o mesmo cuidado e sensibilidade, quando alteraram as regras da aposentação dos funcionários públicos. No meu caso, à beira de atingir a aposentação, as regras foram alteradas e fui contemplado com uma penalização de 58% por cento, apesar duma longa carreira contributiva. Como seria bom que este Governo também revisse esta injustiça inqualificável.



publicado por José Soares às 14:35
link do post | favorito

Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011
Tributar as heranças

 

(Para ler clique na imagem)

 



publicado por José Soares às 16:36
link do post | favorito

Domingo, 28 de Agosto de 2011
Tributar as heranças

Cavaco Silva não pára de me surpreender. Agora que tributar as heranças!? Se há coisa que considero injusto, para não dizer pior, é o Estado ir buscar, para não dizer pior, lucros a um bem que os pais deixam aos filhos. Por vezes e a título de exemplo, a casa deixada, foi feita e paga com o esforço duma vida inteira dos pais e dos próprios filhos. O Estado não tem que se meter na vida particular das famílias desta maneira. A ir para a frente esta medida proposta por Cavaco, é mais uma vergonha.

Se não querem ou têm medo de tributar os ricos, nacionalizem todos os bens de quem nos trouxe a esta miserável situação. Isso sim, resolveria os grandes problemas financeiros do País.

Os ricos podem não entrar no “reino dos céus”, mas cá na terra vivem no “paraíso”.

 



publicado por José Soares às 00:51
link do post | favorito

Sexta-feira, 26 de Agosto de 2011
Acumular benefícios e reformas

As notícias sucedem-se com gente a acumular reformas, umas atrás das outras. O que é curioso e revoltante, é que quem usufruiu destas regalias/mordomias, são os mesmos que votaram que fossem retirados aos outros, aquilo a que legalmente tinham direito. Falo por mim!

 



publicado por José Soares às 15:46
link do post | favorito

Sexta-feira, 19 de Agosto de 2011
Será que Deus existe?

Se Deus existe? Claro que sim. Que o diga o presidente da República de Angola que comprou uma mansão por 14 milhões de euros, Quase 3 milhões de contos por uma casa para passar uns dias por ano. Só um dos candeeiros, custou 600 mil euros. Toda a história no Correio da Manhã. Tem uma filha com uma fortuna colossal, com apenas 35 anos.

Funcionário dos SMTUC, com 35 anos, ter-se-á suicidado por não aguentar a vergonha social de ter sido acusado de ter desviado 600 euros. Deixa um filho de seis anos, sabe Deus como.

Se Deus existe? Claro que sim. Mas só para alguns. Para outros parece que não.

 



publicado por José Soares às 21:55
link do post | favorito

Domingo, 14 de Agosto de 2011
Chega de tantos sacrifícios

Para mim é comum não concordar com as opiniões do Presidente da República. Ambos temos vivido bem com isso.

Mas há uma frase sua que eu concordo em absoluto: “Há limites para os sacrifícios”. Chega de carregar nos mesmos de sempre.

De 2010 para 2011, as 25 fortunas portuguesas aumentaram 17,8 por cento no conjunto e representam 10,1 por cento do PIB nacional. Américo Amorim aumentou os seus lucros em 18,22%, Alexandre Soares dos Santos 88,91 % e Belmiro de Azevedo 1,4%. São neste momento as três maiores fortunas portuguesas.

Para compor este breve apontamento, refiro a chefe de gabinete do ministro da Economia, Marta Neves, que tem um ordenado mensal de 5.831 euros. E depois vem o ministro dizer que todos temos que fazer um esforço e que a culpa de tudo é do Governo anterior.

Um dia isto vai ter que parar!

 



publicado por José Soares às 00:14
link do post | favorito

Quarta-feira, 10 de Agosto de 2011
Motorista ganhava 4 157 €

(Para ler clique na imagem)

 

A ser verdade, há sempre um “se”, estas notícias metem-me nojo. Mais ainda quando as criticamos e nos dizem que somos demagógicos e que o vencimento deste motorista não interfere com as contas do país. Mas a mim, ter sido roubado em 58% da minha aposentação, com 36,5 anos de serviço (o exigido era 36 anos) pelos governos de Durão Barroso/Ferreira Leite e José Sócrates/Teixeira da Silva, já resolveu os problemas das finanças nacionais.

Claro que isto é um assunto que não é nem nunca foi preocupação nacional. É sim, uma preocupação minha e da minha família directa, por exclusiva falta de palavra do próprio Estado que, caso tivesse meios para isso, poria em tribunal. Quando o Estado não se comporta como pessoa de bem, o que pode fazer um cidadão comum?

Liberdade, igualdade fraternidade. Onde é que eu já ouvi isto?

 

 



publicado por José Soares às 20:57
link do post | favorito

Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010
Nove candidatos a Presidente da República

Antes mesmo de começar a campanha eleitoral para as presidenciais, as televisões começaram a promover, antes do tempo, debates entre os candidatos conhecidos, mesmo antes de formalizarem as respectivas candidaturas. Hoje já se realizou o sétimo, desta vez entre Cavaco Silva e Defensor de Moura.

Também hoje, o Tribunal Constitucional anunciou que recebeu nove candidaturas: Francisco Lopes, Defensor de Moura, Manuel Alegre, Cavaco Silva, Fernando Nobre, Luís Botelho Ribeiro, José Manuel Coelho, Diamantino Maurício da Silva e José Rodrigues Pedro.

Agora, o que vão fazer as televisões, para dar igual oportunidade a todos os candidatos?

A democracia não é isto! Pelo menos não é esta a democracia que defendo, onde todos são iguais, mas há uns mais iguais que outros.

 



publicado por José Soares às 21:55
link do post | favorito

Sábado, 18 de Dezembro de 2010
A crise e as contas da Saúde

A Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), que é tutelada pelo Ministério da Saúde, “deve publicar até ao final do mês de Novembro a execução económico-financeira do SNS relativa ao terceiro trimestre do ano”. Esta norma está definida num despacho do Governo publicado em 2008, pelo que as contas do SNS relativas ao terceiro trimestre de 2010, já deviam estar publicadas.

Receio que o seu atraso possa ter a ver com o real défice da Saúde, que pode vir a ser bem maior que aquilo que temia o Ministro da Finanças.

Não precisamos de ministros simpáticos, mas dava jeito que fossem competentes. É que estou a ficar saturado de tanto pagar para combater a crise, para a qual não sinto qualquer responsabilidade para o seu aparecimento, manutenção e até agravamento . Pela minha parte, já sou obrigado a dispensar 8 salários por ano, que, se tivesse dinheiro, punha o Estado em tribunal. De congelamento em congelamento, de redução em redução, qualquer dia já nem tenho vencimento pela incompetência de uns e pelo chico-espertismo de outros.

Eu não posso ter direito à minha aposentação completa, depois de ter descontado para o Estado durante 36 anos, o que me tinha sido exigido. O actual presidente da República, ao que dizem, já pode ter três reformas e um vencimento!? Que país injusto estamos a criar.

 

 



publicado por José Soares às 10:25
link do post | favorito

Domingo, 4 de Abril de 2010
Remunerações “obscenas” e aposentações vergonhosas

António José Seguro considera "obscenos" valores pagos ao presidente da EDP em 2009

 

O dirigente socialista António José Seguro considerou hoje "obscenos" os valores das remunerações referentes a 2009 pagas ao presidente executivo da EDP, António Mexia, que terão atingido 3,1 milhões de euros.

"Em fase de enormes dificuldades e de exigência de sacrifícios aos portugueses, é incompreensível como se atingem estes valores remuneratórios. É uma imoralidade!", refere o ex-ministro de António Guterres e ex-líder parlamentar do PS, numa nota colocada hoje no seu site antoniojoseseguro.com.

Em declarações à agência Lusa, António José Seguro reiterou esta posição e observou ainda que a EDP é a empresa mais endividada do mercado de capitais português com 14,007 mil milhões de euros (mais 117 milhões do que em 2008).

 

In: Lusa – 04-04-2010

 

Haja alguém que vá dizendo aquilo que é preciso ser dito. Ainda alguns querem que me cale quando digo que o Governo me tira, todos os meses, 53% da minha aposentação, após 36 anos de serviço efectivo. Como Técnico Superior da Administração Pública, fiquei com uma aposentação de cerca de 700 euros. O Estado é que devia ter vergonha de pagar-me o que paga. Nem que a vaca tussa. Cada vez a minha revolta é maior.

 



publicado por José Soares às 17:44
link do post | favorito

Terça-feira, 16 de Março de 2010
Rui Pedro Soares recebeu prémio de 586 mil euros da PT

O antigo administrador da Portugal Telecom, Rui Pedro Soares, recebeu um prémio de gestão de 586.853 euros relativo ao seu trabalho como administrador no triénio de 2006/2008, de acordo com os dados divulgados pela empresa no seu relatório de contas de 2009.

Segundo o Diário Económico, o prémio apenas é pago no final de cada mandato, por imposição da PT. Ao todo, Henrique Granadeiro e Zeinal Bava receberam 1.019.271 euros cada um em prémios, enquanto Pacheco de Melo, António Caria e Rui Pedro Soares receberam 586 mil euros cada.

Recorde-se que Rui Pedro Soares renunciou ao cargo na PT no início de 2010, devido às polémicas em que estava envolvido sobre a compra da TVI pela PT e a alegada intervenção do governo no negócio.

 

In: Jornal “A Bola” – 16-03-2010

Por Redacção

  

Depois vem o ministro Teixeira dos Santos falar que temos todos (!?) que fazer um grande esforço. Por favor, não nos goze mais.



publicado por José Soares às 11:40
link do post | favorito

José Soares
pesquisar
 
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A minha aposentação não c...

Função pública e função p...

Reformas - pensão pública...

Função Pública e Função P...

Tributar as heranças

Tributar as heranças

Acumular benefícios e ref...

Será que Deus existe?

Chega de tantos sacrifíci...

Motorista ganhava 4 157 €

Nove candidatos a Preside...

A crise e as contas da Sa...

Remunerações “obscenas” e...

Rui Pedro Soares recebeu ...

arquivos

Março 2015

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds