Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011
Metro Mondego defendido em tertúlia por Ana Paula Vitorino

  

Participei ontem no Café Trianon, na primeira tertúlia de homenagem a Fausto Correia. A convidada foi a deputada socialista Ana Paula Vitorino, que já exerceu as funções de Secretária de Estado dos Transportes, e o tema foi “Sistema de Mobilidade do Mondego”.

A sala foi pequena, mas o debate foi longo e interessante. Tal como em 2006, também agora Paula Vitorino continua a defender o projecto do Metro Mondego. Depois de fazer um historial de toda esta proposta de mobilidade para Coimbra, Lousã e Miranda do Corvo, afirmou que não estamos a falar duma “obra nova” e que a sua continuação “é uma questão de justiça”.

Já na parte final da tertúlia, Ana Paula Vitorino informou que, ela própria, Horácio Antunes e outros deputados eleitos por Coimbra, entregaram na Assembleia da República um projecto de resolução que visa assegurar “todas as empreitadas já adjudicadas, bem como as necessárias à introdução do serviço ferroviário da Lousã e, assim que estejam reunidas as condições económico financeiras necessárias que se continue o resto do projecto”. Informou ainda que os subscritores deste projecto recomendam que o Governo “reafirme a prioridade que atribui ao SMM, designadamente à instalação de um metro ferroviário ligeiro, no canal do antigo ramal da Lousã”.

Agora, resta-nos aguardar para ver como vão votar os deputados à Assembleia da República, em especial os eleitos pelo círculo de Coimbra, em relação a este e a todos os projectos de resolução que estão hoje em votação, em relação ao “Sistema de Mobilidade do Mondego”.

Uma última palavra vai para André Oliveira e Carlos Cidade, presidentes da JS e do PS de Coimbra, a quem felicito por esta iniciativa e pelo seu sucesso.   

 



publicado por José Soares às 16:48
link do post | favorito

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010
Juventude Socialista de Coimbra
Rui Duarte será o novo líder da Distrital de Coimbra da JS
 

A moção “Esquerda 2.0” recebeu 77 por cento dos votos dos militantes da JS, derrotando a moção “Aqui Há Esquerda”, liderada por Joel Vasconcelos.

Rui Duarte será, até 2012, o novo presidente da Federação Distrital de Coimbra da Juventude Socialista (JS). A moção “Esquerda 2.0”, cujo primeiro subscritor é o actual vereador socialista na Câmara Municipal de Coimbra e anterior presidente da Concelhia de Coimbra da JS, mereceu 77 por cento dos votos dos militantes da JS, derrotando a moção “Aqui Há Esquerda”, liderada por Joel Vasconcelos.
O mesmo é dizer que na Convenção Distrital da JS, a realizar nos dias 30 e 31 deste mês, em local ainda a designar, Duarte contará com o apoio de 75 delegados, enquanto Vasconcelos terá 22 delegados do seu lado. Convém referir que a Convenção, onde será eleito o novo presidente da Federação Distrital de Coimbra da JS, servirá para os delegados manterem o sentido de voto já manifestado, anteontem e ontem, pelos militantes da JS.

A «expressiva» vitória da moção “Esquerda 2.0” pode ser atestada pelos números. Em Coimbra, num universo de 450 votantes, Rui Duarte obteve 390 votos, ou seja, 84 por cento, com Joel Vasconcelos a garantir 59 votos correspondentes a 16 por cento. «É um resultado muito expressivo», reconheceu o vencedor, antes de sublinhar, também, as votações de 100 por cento nas concelhias de Mira, Figueira da Foz, Tábua, Penacova, Góis, Soure, Penela, Vila Nova de Poiares, Pampilhosa da Serra e Lousã.

«A moção “Esquerda 2.0” teve 100 por cento na maioria dos concelhos do distrito», constatou Rui Duarte, que, de imediato, realçou: «É um resultado expressivo da escolha dos militantes. A nossa moção é um projecto que viabiliza o trabalho político concelho a concelho nos próximos dois anos», assumiu o novo líder distrital da JS, que sucederá ao figueirense João Portugal, actual deputado do PS na Assembleia da República.

A diferença significativa não causou surpresa a Rui Duarte, de 25 anos, uma vez que, explicou, «tinha a perfeita consciência que se trata de um projecto congregante e de unidade da nova geração», acrescentando tratar-se, também, de «um projecto transversal à maioria dos concelhos do distrito». «Tem uma base muito forte e, face às ideias que apresenta, é um projecto que pretende e vai unir a JS no distrito», destacou o subscritor vencedor.

Contactado pelo Diário de Coimbra, Joel Vasconcelos reconheceu a «vitória significativa» de Rui Duarte. «Quando nos apresentámos a eleições foi com a expectativa de trocar ideias e defender princípios. Os militantes entenderam não ser a nossa proposta a melhor para a JS e aceitamos a escolha», declarou o primeiro subscritor da moção “Aqui Há Esquerda”, antes de lembrar que «as eleições são um processo democrático».

Joel Vasconcelos, de 28 anos, docente de História, natural de Oliveira de Azeméis, mas com forte ligação a Coimbra, onde se licenciou e participou activamente na vida estudantil associativa, integrando, em mais do que um mandato, a Direcção-Geral da Associação Académica de Coimbra, disse que os elementos defensores da sua moção estão «disponíveis para o futuro da JS», pois, lembrou, «continuamos todos a ser militantes da JS, que precisa do apoio, ajuda e participação de todos».

 

In: Jornal “DIÁRIO DE COIMBRA” - 11-01-2010

Escrito por João Henriques



publicado por José Soares às 13:37
link do post | favorito

Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009
Juventude Socialista de Coimbra

 

Joel Vasconcelos candidato à Federação Distrital da JS
 

RUI DUARTE já tem concorrência na corrida à Federação Distrital de Coimbra da Juventude Socialista (JS). Joel Vasconcelos apresentou a sua candidatura à presidência do órgão, afirmando a sua intenção de “devolver a estrutura aos militantes”. “Existe, hoje, um evidente afastamento entre estes e os órgãos eleitos. Preconizamos uma Federação mais próxima, capaz de motivar para uma maior participação de todos nas suas actividades”, lê-se no texto de apresentação da candidatura do antigo presidente da mesa da Assembleia Magna da Associação Académica de Coimbra.

Em relação à actuação da Federação, Vasconcelos defende que o enfoque deve ser colocado “nos jovens que habitam no distrito de Coimbra, nos problemas que os afectam e no debate de ideias e projectos que lhes permitam conquistar novos direitos e melhores condições de vida”. Para tal, entende que a JS “necessita de se reforçar e melhorar enquanto estrutura”, promovendo o debate político e captando a

atenção e interesse dos jovens para a participação política e cívica. Debate que “deve procurar caminhos

para a concretização de um conceito de desenvolvimento distrital sustentável ao nível económico e social trabalhando em conjunto com as estruturas sectoriais existentes no distrito e região (turismo, transportes, direcções regionais)”.

O projecto liderado por Joel Vasconcelos pretende ainda “fazer da JS no distrito de Coimbra um grande espaço de formação política”. Só assim, afirmam, será possível contribuir “para aprofundar e melhorar a intervenção nos 17 concelhos e para o reforço do Partido Socialista, com quadros jovens e preparados

para assumirem mais e novas responsabilidades”. Encontros e debates de formação política e autárquica em articulação com as concelhias e núcleos da JS do distrito são algumas das medidas preconizadas, neste âmbito.

As eleições para a Federação Distrital de Coimbra da realizam-se nos próximos dias 9 e 10 de Janeiro

 

In: Jornal “Diário As Beiras” - 23-12-2009

Vasco Garcia



publicado por José Soares às 17:42
link do post | favorito

Juventude Socialista de Coimbra

Joel Vasconcelos é candidato à Federação Distrital da JS
 

eleições em janeiro 

Joel Vasconcelos, de 28 anos, docente de História, entrou na corrida à presidência da Federação Distrital de Coimbra da Juventude Socialista, assumindo a necessidade de criar uma estrutura organizada, bem estruturada.

«A Federação pode, e deve, dar um contributo fundamental para a afirmação dos valores e princípios da esquerda moderna e democrática, junto dos jovens do nosso distrito», lê-se no sítio da Internet [http://www.aquihaesquerda.blogspot.com/], onde o candidato apresenta uma ideia geral do seu programa.

Ao Diário de Coimbra, Joel Vasconcelos preconizou a federação da JS como um organização política de referência no distrito, activa, com intervenção regular nos diferentes escalões de ensino, que responda às necessidades dos jovens.

«Para isso a Juventude Socialista necessita de se reforçar e melhorar enquanto estrutura, aproveitar o capital humano existente para organizar trabalho com as concelhias de forma sectorial, descentralizada e que lhe permita promover o debate político e captar a atenção e interesse dos jovens para a participação política e cívica», explica o candidato.

Aliás, importa, para Joel Figueiredo, «transformar o distrito num espaço de formação política», capaz de rejuvenescer e de contribuir para o surgimento de novos valores, de novos quadros, «preparados para assumirem mais e novas responsabilidades».

No horizonte está também uma melhor comunicação com as concelhias, directamente ou por Internet, com criação de newsletters, uma comunicação que não tem existido, acentua o candidato sem, contudo, querer comentar o passado da federação. Apenas observou que «tem sido uma estrutura insuficiente», ao mesmo tempo que ressalvou que tem «uma candidatura para os próximos dois anos, não para o passado».

Na Internet, porém, sempre diz que é necessário «devolver a estrutura aos militantes. Existe, hoje, um evidente afastamento entre estes e os órgãos eleitos, preconizamos uma federação mais próxima, capaz de motivar para uma maior participação de todos nas suas actividades, criando veículos de informação, até ao momento inexistentes, diversificando as formas de intervenção e as iniciativas a realizar».

Assumindo um projecto plural, aberto ao diálogo e «constituído por um conjunto de pessoas de todo o distrito», o jovem entende que «o debate político deve procurar caminhos para a concretização de um conceito de desenvolvimento distrital sustentável ao nível económico e social, trabalhando em conjunto com as estruturas sectoriais existentes no distrito e região (turismo, transportes, direcções regionais)».

É necessário «recolocar a centralidade da região a nível nacional», defende na candidatura “Aqui há esquerda”, vendo também a necessidade de reforçar o PS, para que haja uma «federação capaz de transportar o nome de Coimbra para a primeira fila na luta por uma sociedade mais justa, mais fraterna e mais solidária».

Natural de Oliveira de Azeméis, mas com forte ligação a Coimbra, onde se licenciou e participou activamente na vida estudantil associativa (integrou, em mais do que um mandato, a Direcção Geral da Associação Académica de Coimbra), Joel Vasconcelos terá Rui Duarte como adversário na corrida à federação. A eleição de delegados à Convenção de 30 e 31 de Janeiro (onde será encontrado o novo presidente distrital da JS) decorre nos dias 9 e 10 de Janeiro.

 

In: Jornal “Diário de Coimbra” - 23-12-2009

António Manuel Rodrigues



publicado por José Soares às 12:26
link do post | favorito

Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009
Juventude Socialista de Coimbra

Rui Duarte apresenta candidatura à distrital

 

O ANTIGO presidente da Comissão Política Concelhia de Coimbra da Juventude Socialista, Rui Duarte, apresentou recentemente a sua candidatura à distrital desta jovem força partidária. Para o novo vereador socialista no município de Coimbra, são duas as frentes internas que pretende levar a cabo caso seja eleito líder distrital. A formação de autarcas e a intervenção nas escolas faz parte das prioridades do jovem autarca. Até porque, como referiu, “o Estado começa nas autarquias”. Como tal, defende que a JS “tenha um plano de formação continuada, desde o combate à corrupção, eficiência energética, entre outros dossiês”, assim como entende ser “urgente a criação do Conselho Distrital da ANJAS, dirigida e composta por autarcas”. Em termos de ensino, Rui Duarte considera “ser inadiável reorganizar a intervenção da JS nas escolas, combatendo o pré- -conceito das comunidades escolares quanto à presença das juventudes partidárias nas escolas”.

Neste âmbito, é intenção do candidato “institucionalizar a Federação da ONESES e da ONESEBS, dirigida e composta por estudantes socialistas do ensino superior e secundário, respectivamente, para que possamos ter um canal de diálogo e debate permanente com os jovens, pois só assim representaremos na realidade as suas preocupações em matéria de política educativa, acção social, entre outras”.

Por outro lado, e a par da reorganização interna, o candidato traçou um conjunto de propostas que constam do caderno reivindicativo 2010-2012. A legalização do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, a regionalização, o emprego e habitação, o centenário da República e o ambiente e energia são os temas que integram esse documento que será posto à consideração dos militantes da Juventude Socialista do distrito de Coimbra.

Realce ainda para as prioridades temáticas enunciadas e que farão parte, também, dos temas que irá tratar enquanto líder distrital da JS. São elas: as “políticas activas de combate ao abandono e insucesso escolar, como o apoio ao associativismo, o garante da implementação dos Conselhos Municipais da Juventude e o acesso à cultura como elemento indispensável na processo educativo de todos os jovens”.

 

In: Jornal “Diário As Beiras” - 21-12-2009

António Alves



publicado por José Soares às 13:51
link do post | favorito

José Soares
pesquisar
 
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Metro Mondego defendido e...

Juventude Socialista de C...

Juventude Socialista de C...

Juventude Socialista de C...

Juventude Socialista de C...

arquivos

Março 2015

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds