Sábado, 16 de Julho de 2011
Reunião com autarcas militantes socialistas do distrito de Coimbra

 Jorge Veloso - Rui Brito - Mário Ruivo- João Portugal - Emílio Torrão

 

 

NOTA À IMPRENSA

 

Reunião com autarcas militantes socialistas do distrito de Coimbra

 

Por iniciativa do presidente da Federação Distrital do Partido Socialista de Coimbra, realizou-se ontem, 15 de Julho, na Casa Municipal da Cultura de Coimbra, uma primeira reunião com os autarcas militantes do Partido Socialista do distrito de Coimbra.

Mário Ruivo iniciou esta reunião classificando-a como “meramente introdutória para saber o pensamento dos autarcas (militantes) socialistas” e a sua “urgência” deve-se à “posição assumida pelo Primeiro-Ministro no Congresso da Associação Nacional dos Municípios Portugueses” realizado em Coimbra.

 

Foi um debate muito participativo, e nalguns casos até emotivo, onde os protagonistas foram mesmo os presidentes de junta e vereadores, alguns presidentes de concelhia e também os deputados socialistas à Assembleia da República, Mário Ruivo e João Portugal.

Das intervenções feitas, resultou a ideia dos autarcas e Partido Socialista no distrito estarem atentos ao que virá a acontecer sobre o tema da extinção, fusão ou agrupamento de freguesias, e até de alguns concelhos, mas para já ficou a conclusão de se aguardar que o Governo anuncie os critérios e princípios orientadores duma reforma que causa apreensão a todos os autarcas do país, independentemente do partido a que pertençam.

 

De realçar que todos os intervenientes classificaram como muito positiva esta iniciativa da Federação Distrital do PS/Coimbra, dado que o tema é da maior importância não só para os autarcas, mas principalmente para as suas populações.

 

Subscrevemo-nos com as melhores saudações socialistas.

 

Coimbra, 16 de Julho de 2011  

 

Pel’O Presidente da Federação Distrital de Coimbra do PS, Mário Ruivo, 

 

O Responsável da Área da Comunicação,

josesoares.ps@gmail.com

 

 



publicado por José Soares às 20:12
link do post | favorito

Sábado, 7 de Maio de 2011
DEFENDER PORTUGAL - Fórum SAÚDE

 



publicado por José Soares às 13:10
link do post | favorito

Sábado, 2 de Abril de 2011
Delegação do PS/Coimbra reuniu com a nova direcção da AMBAS
 

Por iniciativa do presidente da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, uma delegação do PS/Coimbra, chefiada pelo seu presidente Carlos Cidade, que foi acompanhado por outros dirigentes socialistas (António Sequeira, Francisco Fachada, Juvenal Sousa e José Soares), reuniu no passado dia 31 de Março com os novos órgãos sociais da Associação de Moradores do Bairro António Sérgio (AMBAS). Além de outros dirigentes desta associação, estiveram presentes os presidentes: da direcção – Victor Oliveira; da assembleia-geral – Alfredo Oliveira e do Conselho Fiscal – António Rodrigues.

Foram vários os assuntos abordados nesta reunião, que culminou com uma visita a todos os espaços do bairro, de modo a que os dirigentes socialistas, que são também membros da assembleia da freguesia de Eiras, da Assembleia Municipal e da vereação da Câmara Municipal, pudessem fazer uma melhor avaliação dos problemas existentes naquele bairro.

Os dirigentes da AMBAS destacaram como principais preocupações, a reparação dos passeios e do miradouro, aumento da vigilância policial face à grande quantidade de toxicodependentes que atravessa diária e constantemente o bairro, onde moram muitos idosos e algumas crianças, estas últimas quase proibidas de brincarem no seu próprio bairro, às portas das suas casas, melhoramento dos arruamentos, colocação de um “oleão” e papeleiras (que foram vandalizadas), bem como o aumento (repor ao que estava inicialmente – foi rebaixado por causa da construção do bairro da Rosa) do muro que separa os bairros António Sérgio e da Rosa, por questões de segurança de quem o tenta saltar, em especial idosos e crianças do António Sérgio, estes últimos por mera brincadeira. Destaque ainda para a urgente avaliação de um choupo existente no cimo do bairro e para a proposta de rebaixamento da rotunda do Ingote, que impede a visibilidade dos condutores, dada a sua exagerada altura.

Pela voz do presidente da concelhia socialista, o também vereador Carlos Cidade, ficou a promessa de estudar com cuidado todas as questões apresentadas, e encaminhar para uma reunião de câmara o que for da responsabilidade da autarquia e para a assembleia de freguesia o que for da responsabilidade da Junta de Freguesia.

Ambas as delegações classificaram de muito importante esta reunião, face aos problemas que existem naquele esquecido bairro, onde algumas empresas de Coimbra se recusam a entregar os seus produtos, por questões de segurança.




publicado por José Soares às 15:44
link do post | favorito

Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010
Reunião "secreta"

Tenho que tirar o chapéu às meninas e ao mordomo do Sexo e a Cidade. Segundo este sempre bem informado blogue, autêntico wikileaks português, ficámos a saber que houve uma reunião “secreta” entre dirigentes do PS/Coimbra e o Ministro António Mendonça. Como era secreta e veio a público, podemos especular que já não se pode confiar em ministros?

 



publicado por José Soares às 22:30
link do post | favorito

Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010
PS/COIMBRA Secretariado da Concelhia reúne-se com carácter de urgência

(Para ler clique na imagem)

 



publicado por José Soares às 17:56
link do post | favorito

Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010
Federação de Coimbra promove jantar debate sobre o PROT-C

 

 

Por iniciativa do Presidente da Federação Distrital de Coimbra do Partido Socialista de Coimbra, Mário Ruivo, e com a colaboração de António Rochette, realizou-se um jantar/debate na passada segunda-feira, num restaurante em Coimbra, para discutir o Plano Regional de Ordenamento do Território da Região Centro (PROT-C).

Mário Ruivo começou por explicar as razões deste encontro, para o qual foram convidados os deputados do PS do distrito de Coimbra, os presidentes de câmara socialistas, vereadores, presidentes de concelhias e outros dirigentes políticos socialistas locais.

Além destes, as intervenções de fundo estiveram a cargo de António Rochette, professor universitário na área da geografia e do ordenamento do território, que recorrentemente é convidado para os mais variados fóruns para analisar estes temas; o outro convidado foi Alfredo Marques, economista e professor universitário, também militante do PS, e que neste momento é o presidente da Comissão de Coordenação da Região Centro (CCDR).

Da intervenção de António Rochette e dos contributos e preocupações recolhidas durante o debate, resultou uma análise crítica ao referido documento, em particular a questão da sua aplicabilidade aos diferentes territórios concelhios do distrito. Foi iniciado um “trabalho de construção de pontes que devem ser estabelecidas entre territórios que apresentam dinâmicas muito diferentes em torno das perspectivas de desenvolvimento sustentado – Nut´s III Baixo Mondego e Pinhal interior Norte“.

Foi notória a preocupação da aprovação deste documento para a Região Centro, por parte dos presentes, embora nem todos concordem com o seu conteúdo. Nesse mesmo dia, os vereadores do município de Coimbra, Álvaro Maia Seco e Carlos Cidade (também presidente da Concelhia de Coimbra), presentes nesta reunião, informaram que “hoje demos (na reunião do executivo) um parecer negativo ao PROT-C sobre Coimbra”.

Realçou-se a importância de estruturar um modelo territorial que afirmasse a autonomia da Região Centro face às áreas urbanas de Lisboa e Porto, contrariando o conhecido efeito tenaz que estas duas aglomerações metropolitanas exercem sobre esta região, visão estratégica em que deveria ser uma das principais perspectivas estratégicas que o Plano Regional de Ordenamento do Território da Região Centro – PROT-C devia assumir.

Foi também referido que muita desta perda de influência de Coimbra, enquanto pólo regional, existe muito por culpa própria, uma vez que ao longo da última década o Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Carlos Encarnação não exerceu qualquer magistratura de influência  em sentido contrário, isto em termos regionais e nacionais, pautando o acompanhamento do PROT-C pela ausência. Na realidade o peso de Coimbra reflecte muito do que foi a ausência de protagonismo do governo da cidade, bem como de uma total falta de solidariedade com os territórios vizinhos.

Em termos de normativos foi amplamente referido que a sobreposição entre o PROT-C e os Planos Municipais de Ordenamento do Território (PMOT´s) não fariam grande sentido, colocando, em muitas situações, em causa, longos e trabalhosos processos de revisão de PDM´s.

Foi ainda equacionada a pertinência do reforçar a ideia da concretização do “Plano Rodoviário Nacional 2000”, em particular das vias transversais que proporcionam melhores acessibilidades ao interior do território da região, assim como foi pugnada a criação de uma figura intermédia de PIN, com a designação de PIR - Projectos de Interesse Regional -, e que deveriam ser devidamente reconhecidos como tal.

O presidente da CCDR, Alfredo Marques, começou por dizer que “estava ali mais para ouvir do que falar”. Apesar dessa premissa, fez uma longa exposição sobre o PROT-C e sobre tudo o que tem sido feito até agora. Fez uma análise detalhada sobre as várias áreas, considerando que o mesmo teve o contributo de muita gente, embora reconhecendo a impossibilidade de auscultar os 78 municípios abrangidos por este importante documento estratégico.

Deste debate, ressaltaram as diferentes opiniões entre os vários intervenientes e o presidente da CCDR.

No final da reunião, Mário Ruivo fez uma síntese da mesma, justificando a realização urgente deste debate. Mais ainda, como recordou, “este documento está em consulta pública até dia 30 deste mês”. A concluir, informou que António Rochette iria coordenar a feitura dum documento, o qual virá a ser a opinião final da Federação Distrital de Coimbra do Partido Socialista.

 



publicado por José Soares às 14:43
link do post | favorito

PROT - Socialistas do distrito contra plano regional

(Para ler clique na imagem)

 



publicado por José Soares às 14:15
link do post | favorito

Sábado, 20 de Novembro de 2010
Mário Ruivo apela à união em torno da candidatura de Manuel Alegre

 

(Para ler clique na imagem)

 



publicado por José Soares às 23:55
link do post | favorito

Sexta-feira, 12 de Novembro de 2010
Reunião plenária de socialistas das freguesias da margem esquerda de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realizou-se na passada quarta-feira, dia 10 de Novembro, na Casa do Povo de São Martinho do Bispo do Bispo, um plenário de militantes da margem esquerda, das freguesias de: Ameal, Arzila, Ribeira de Frades, Santa Clara, São Martinho do Bispo e Taveiro.

Victor Baptista, deputado socialista do distrito de Coimbra à Assembleia da República, começou a sua intervenção por felicitar Carlos Cidade pela iniciativa destes encontros. Concentrando-se na análise do Orçamento de Estado para 2011 e mostrando conhecer bem os números e o que está verdadeiramente em causa, afirmou que “o país está confrontado com a pior crise dos últimos 80 anos” e que “o objectivo actual do Governo é atingir até final do ano um défice na ordem dos 7 a 7,3% e 4,6% no ano de 2011”. Admitiu que “não foi fácil negociar o orçamento com o PSD”. Alertou os presentes que “a situação é grave para 2011, mas mais grave será em 2012”. Depois duma explicação detalhada, com muitos números à mistura, afirmou que defende este orçamento porque não havia outra solução, mas que o mesmo “não contribuiu para o crescimento, mas responde aos mercados financeiros”, ou seja, aos credores. Depois de aprovado na generalidade, é agora “em sede de especialidade que vamos ter que arranjar os 500 milhões em falta”. Nenhum Governo quer aumentar impostos. Quando isso acontece, “as pessoas têm menos disponibilidades financeiras e há recessão no mercado interno”. Alertou que as pessoas têm que tomar consciência, que “não é possível continuar a aumentar o défice público”. O Estado e os bancos estão endividados e “no final é o povo que paga todas as dificuldades”. Sobre as questões sociais, afirmou que “o orçamento da Segurança Social não é muito debatido, mas que é um terço do subsector Estado”. Afirmou também que “não podemos ter o apoio social que temos à custa do endividamento público. Não podemos continuar a dar aquilo que nos emprestam”, afirmou Victor Baptista.

Durante o debate foram muitas as questões colocadas ao deputado socialista. A todas respondeu, com a crueza dos números. Afirmou que “a situação é grave, mas as pessoas têm agora um conhecimento mais real, pelo que temos de continuar a ter esperança”. Disse que há coisas a estudar e a mudar. Uma delas é o próprio partido abrir a discussão, “em que áreas deve estar o Estado e em que condições?”. Sobre o Metro Mondego, disse: “Não mudei de opinião” e em relação ao TGV, considerou ser “um projecto de esperança”, admitindo que agora é difícil a sua concretização, mas que “não deve ser abandonado, mas recalendarizado para uma melhor oportunidade”.

Carlos Cidade, que também participou na discussão do próprio orçamento, mostrou-se satisfeito pela forma como decorreram todos os plenários de militantes, este era o último, e apelou à participação de todos no “Encontro de Autarcas Socialistas do Concelho de Coimbra”, que se vai realizar no próximo sábado, na Casa Municipal da Cultura de Coimbra.

 



publicado por José Soares às 16:19
link do post | favorito

Reunião plenária de socialistas das freguesias da zona sul de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realizou-se no passado sábado, dia 6 de Novembro, no Centro Desportivo Recreativo e Popular de Assafarge, um plenário de militantes da zona sul de Coimbra, das freguesias de: Almalaguês, Antanhol, Assafarge, Castelo Viegas, Ceira, Cernache e Torres do Mondego.

Esta reunião começou com um minuto de silêncio, por proposta de Alfredo Pereira, presidente da Junta de Freguesia de Assafarge, pelo falecimento, nesse dia, dum familiar de Joaquim Rodrigues, secretário-coordenador da secção de Assafarge, que estando na organização deste encontro, fez um esforço emocional acrescido para estar presente, o que todos registaram.

João Portugal, deputado socialista do distrito de Coimbra à Assembleia da República, que já tinha participado na reunião plenária dos socialistas da margem direita das freguesias de Coimbra, mais uma vez disse sim ao desafio do presidente da Concelhia, para explicar aos presentes a forma como foi possível chegar a acordo para aprovação do Orçamento de Estado para 2011 e quais as suas implicações na vida das pessoas e das empresas.

Durante cerca de duas horas, o deputado socialista referiu, entre muitas outras coisas, que “tomámos sempre as melhores opções” e “estamos a passar a maior crise dos últimos 80 anos”. Sobre a oposição, considerou que o PSD pauta a sua actuação por sondagens e, por isso, “quer a entrada já do FMI em Portugal”. Lembrou que a origem de todos os problemas que os países europeus, e não só, estão a passar, teve “origem na crise imobiliária americana”. Recordou que “quando entrámos para o Governo, tínhamos um défice superior a 11%” e que já “Cavaco Silva deixou um défice de 9% quando saiu do Governo”. Neste momento são várias as apostas do Governo, em especial a “exportação tecnológica”. Sobre o défice, “o Governo está apostado em fechar este ano nos 7,3% e 4,6% no ano de 2011”.

Como tem acontecido em outras reuniões plenárias, também aqui o debate foi muito vivo e participativo, o que demonstra, mais uma vez, a vontade que os socialistas de Coimbra têm em debater os problemas que mais os afectam. Cada vez se discute mais política nestas reuniões, o que é sempre um incentivo para o Presidente e para o Secretariado da Concelhia do PS/Coimbra.

Carlos Cidade mostrou-se satisfeito com a vivacidade do debate, afirmando que “o objectivo destes encontros é os camaradas dizerem livremente o que lhes vai na alma e trazer os nossos deputados para ouvirem directamente essas preocupações”. Aproveitou a sua intervenção

para fazer também uma análise mais global da situação política e económica actual, afirmando que “agora é a economia que comanda a política, quando devia ser a política a comandar a economia”. Num âmbito mais local, afirmou claramente: “Queremos ganhar a Câmara em 2013 e é nisso que já estamos a trabalhar”. Por isso, apelou à participação de todos na reunião do próximo sábado, no “Encontro de Autarcas Socialistas do Concelho de Coimbra”, onde irá ser dado o “pontapé de saída para as autárquicas de 2013”.

 



publicado por José Soares às 16:13
link do post | favorito

Reunião plenária de socialistas das freguesias da zona urbana de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia (CPC) de Coimbra do Partido Socialista (PS), realizou-se na passada quinta-feira, dia 4 de Novembro, na sede do PS/Coimbra, um plenário de militantes da zona urbana de Coimbra, das freguesias de: Almedina, Santa Cruz, Santo António dos Olivais, São Bartolomeu e Sé Nova.

Rui Namorado, membro da Comissão Política Nacional do PS, fez uma análise pormenorizada sobre a revisão constitucional, a qual foi provocada pelo Partido Social Democrata (PSD). Este era o tema principal da reunião e o dirigente nacional do PS, explicou detalhadamente o que estava em questão. É um tema não prioritário para os socialistas, até porque, no essencial, “concordamos com o actual texto constitucional”. A proposta e a iniciativa do PSD, é “uma peça duma propaganda ideológica”, entendeu Rui Namorado. Na Constituição, “há 14 pontos que nem a unanimidade dos deputados podem alterar”, os chamados limites materiais, mas “o PSD tenta mexer em alguns deles” e o CDS vai ainda mais longe, ao propor a alteração dos “limites materiais da forma republicana do Governo”. Foram muitos os temas abordados, mas Rui Namorado fez questão de acentuar uma ideia da proposta socialista: “Defendemos o Estado Social”.

Seguiu-se um participativo, democrático, livre e acalorado debate, que respeitando as regras básicas da democracia, mostrou a vontade dos socialistas em debater ideias, por mais contraditórias que elas sejam. É para isso que servem os partidos. A divergência de opiniões e a sua liberdade em exprimi-las, é demonstrativo da vontade que a Concelhia socialista pretende em promover um verdadeiro debate político.

Carlos Cidade tinha ganho mais uma aposta, ao defender, propor e organizar estes encontros, que foram decididos pelo seu Secretariado. Explicou o seu objectivo e a forma como os mesmos estão a ser organizados, por agrupamentos de secções de residência. Afirmou que estes encontros não se limitam a discutir exclusivamente os problemas de Coimbra, embora seja essa a prioridade, dado que, como disse, “temos que ter uma visão global: concelhia, distrital, regional, nacional e até internacional”. Sobre o tão agora falado Estado Social, bandeira de há muito dos socialistas, afirmou que “todos o defendemos, o problema a resolver é o seu financiamento”. Numa questão mais político-partidária, e dado que foram vários os camaradas que o felicitaram pelas suas recentes opiniões públicas, afirmou: “Todas as posições assumidas pelo Presidente da Concelhia, não são próprias, embora tivesse legitimidade para o fazer, mas são fruto de várias reuniões prévias, sempre debatidas e concluídas no nosso Secretariado, como foi o caso recente do Metro e das Águas”. Afirmou também, que “em cada caso, há sempre muitos camaradas envolvidos nessas análises”. A terminar, reforçou o convite aos camaradas para a sua participação e contributo, para o próximo dia 13 de Novembro, no “Encontro de Autarcas Socialistas de Coimbra”.

 



publicado por José Soares às 16:09
link do post | favorito

Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010
Plenário de militantes das freguesias da margem esquerda de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realiza-se hoje, quarta-feira, dia 10 de Novembro, pelas 21 horas, na Casa do Povo de São Martinho do Bispo, um plenário de militantes das freguesias da margem esquerda de Coimbra.

Para análise da situação política e preparação do “Encontro de Autarcas Socialistas do Concelho de Coimbra”, foram convidados a participar neste plenário, os camaradas das freguesias de: Ameal, Arzila, Ribeira de Frade, Santa Clara, São Martinho do Bispo e Taveiro.

Esta reunião plenária conta com a participação de Carlos Cidade, presidente da Comissão Política Concelhia do PS/Coimbra e Victor Baptista, deputado socialista à Assembleia da República eleito pelo distrito de Coimbra.



publicado por José Soares às 00:05
link do post | favorito

Sábado, 6 de Novembro de 2010
Reunião plenária de socialistas das freguesias da margem direita de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realizou-se na passada quarta-feira, dia 3 de Novembro, na Junta de Freguesia de São Silvestre, um plenário de militantes da margem direita de Coimbra, das freguesias de: Antuzede, São João do Campo, São Silvestre, São Martinho de Árvore e Lamarosa.

Horário Antunes, deputado socialista à Assembleia da República, começou por felicitar o presidente da Concelhia por estas iniciativas, o que o levou a aceitar de imediato o desafio, dado que algumas destas reuniões só se costumam realizar em períodos eleitorais. Explicou aos presentes as implicações que o Orçamento de Estado para 2011 tem nas pessoas, lembrando que algumas das medidas nele contidas são imposições do PSD, embora no essencial o orçamento é do Governo. Lamentou que algumas obras, estruturantes, tenham que ser adiadas, quando há algumas deviam era serem lançadas de imediato. Mas, como disse, “a conjuntura não nos permite concretizar alguns dos nossos projectos”. Lembrou que a actual situação é devida à crise internacional que nos afecta directamente, mas também porque “há muitos anos que andamos a gastar mais do que aquilo que podemos”. Apesar de muito se falar no Orçamento de Estado, que agora vai começar a ser discutido na especialidade, o mesmo só vai perceptível pelas pessoas “a partir de Janeiro”. Sobre a situação do Metro Mondego, disse “não entender as medidas anunciadas”, questionando: “retirámos os carris e agora não temos comboios”!? De entre os muitos assuntos que abordou, destacou a regionalização como um dos que o partido tem que discutir e analisar.

Durante o debate, foram várias as questões levantadas, às quais Horário Antunes e Carlos Cidade foram respondendo. Foi notório que são muitas as dúvidas que as pessoas têm sobre o próprio orçamento, pelo que foi importante a presença do deputado Horácio Antunes.

Carlos Cidade também abordou a questão do próprio Orçamento de Estado, considerando que “comparando com outras regiões, o mesmo até é favorável a Coimbra”, excepção feita ao anunciado para o Metro Mondego. Em relação ao partido e apesar de estarmos ainda em 2010, afirmou que “no plano concelhio, para 2013, o nosso trabalho está a começar a ter os seus resultados”. De facto, destaca-se a vontade dos socialistas de quererem participar na vida do partido. Afirmou que o trabalho prioritário é agora que cada secção faça o levantamento dos problemas de cada freguesia, para que o “Encontro Concelhio de Autarcas Concelhios” seja uma verdadeira reunião política, onde se discuta os problemas das pessoas, o que verdadeiramente as preocupa e se procure as soluções para os problemas de Coimbra. A Concelhia do PS/Coimbra está preparada para assumir as suas responsabilidades. Sobre algumas críticas públicas do PSD/Coimbra aos socialistas de Coimbra, Carlos Cidade reservou-se a fazer comentários, guardando-os para o próximo dia 13, onde irá responder a estas e outras questões.

 



publicado por José Soares às 15:40
link do post | favorito

Plenário de militantes das freguesias da zona sul de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realiza-se hoje, sábado, dia 6 de Novembro, pelas 21 horas, no Centro Desportivo e Recreativo Popular de Assafarge, um plenário de militantes das freguesias da zona sul de Coimbra.

Para análise da situação política e preparação do “Encontro Concelhio de Autarcas Socialistas”, foram convidados a participar neste plenário, os camaradas das freguesias de: Almalaguês, Antanhol, Assafarge, Castelo Viegas, Ceira, Cernache e Torres do Mondego.

Esta reunião plenária conta com a participação de Carlos Cidade, presidente da Comissão Política Concelhia do PS/Coimbra e João Portugal, deputado socialista à Assembleia da República eleito pelo distrito de Coimbra.

 



publicado por José Soares às 00:05
link do post | favorito

Quinta-feira, 4 de Novembro de 2010
Plenário de militantes das freguesias da zona urbana de Coimbra

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realiza-se hoje, quinta-feira, dia 4 de Novembro, pelas 21 horas, na sede do PS/Coimbra, um plenário de militantes das freguesias da zona urbana de Coimbra.

Para análise da situação política e preparação do “Encontro Concelhio de Autarcas Socialistas”, foram convidados a participar neste plenário, os camaradas das freguesias de: Almedina, Santa Cruz, Santo António dos Olivais, São Bartolomeu e Sé Nova.

Esta reunião plenária conta com a participação de Carlos Cidade, presidente da Comissão Política Concelhia do PS/Coimbra e Rui Namorado, membro da Comissão Política Nacional do Partido Socialista.

 



publicado por José Soares às 00:05
link do post | favorito

Quarta-feira, 3 de Novembro de 2010
Reunião plenária de socialistas das freguesias da zona norte de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realizou-se ontem na Junta de Freguesia de Eiras, um plenário de militantes da zona norte de Coimbra, das freguesias de: Botão, Brasfemes, Eiras, São Paulo de Frades, Souselas, Torre de Vilela, Trouxemil e Vil de Matos.

João Portugal, deputado socialista do distrito de Coimbra à Assembleia da República, explicou aos muitos presentes a forma como o PS e o PSD conseguiram chegar a acordo para aprovação do Orçamento de Estado para 2011. Segundo disse, o Governo tem plena consciência das implicações que o mesmo tem na vidas das pessoas e das empresas, mas que só é possível chegar a um défice de 7,3% no final do ano, “à custa do esforço dos portugueses”. Reconheceu que, neste momento, “não havia outra solução”, como a maioria reconhece.

Aquilo que foi acordado entre o PS e o PSD foi a aprovação do Orçamento de Estado para 2011 na generalidade. João Portugal, acredita que na especialidade algumas das medidas serão reavaliadas. Durante quase duas horas e mostrando ter a lição bem estudada, o deputado socialista deu uma explicação detalhada e exaustiva do próprio orçamento e, no espaço reservado ao debate, mostrou à vontade e segurança para responder a todas as questões, não fugindo a qualquer delas, o que foi positivo para todos aqueles, e foram muitos, que quiseram tirar as dúvidas que tinham.

O Presidente da Concelhia socialista, Carlos Cidade, mostrou-se satisfeito pela forma como decorreu esta primeira reunião plenária de militantes, dado que já durante a sua campanha eleitoral, sempre disse que era seu propósito ouvir todos aqueles que pudessem contribuir para uma Coimbra melhor. E, na verdade, é isso que está a fazer desde que tomou posse, envolvendo nas audições já efectuadas todos os órgãos concelhios: presidente, secretariado, comissão política, vereadores, deputados municipais e agora também os deputados à Assembleia da República.

Carlos Cidade apelou à mobilização e participação de todos os militantes nestas reuniões plenárias, as quais irão culminar com a realização do “Encontro Concelhio de Autarcas Socialistas”, onde são chamados a dar o seu contributo e a sua experiência, não só na análise dos problemas e anseios das suas freguesias, como as propostas que defendem para a sua resolução. “Todos juntos iremos conseguir mudar o governo da cidade, para bem de Coimbra e dos munícipes”, disse Carlos Cidade no encerramento desta primeira reunião plenária.

 



publicado por José Soares às 15:27
link do post | favorito

Plenário de militantes das freguesias da margem direita de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realiza-se hoje, quarta-feira, dia 3 de Novembro, pelas 21 horas, na sede da Junta de Freguesia de S. Silvestre, um plenário de militantes das freguesias da margem direita de Coimbra.

Para análise da situação política e preparação do “Encontro Concelhio de Autarcas Socialistas”, foram convidados a participar neste plenário, os camaradas das freguesias de: Antuzede, S. João do Campo, S. Silvestre, S. Martinho de Árvore e Lamarosa.

Esta reunião plenária conta com a participação de Carlos Cidade, presidente da Comissão Política Concelhia do PS/Coimbra e Horácio Antunes, deputado socialista à Assembleia da República eleito pelo distrito de Coimbra.



publicado por José Soares às 00:05
link do post | favorito

Terça-feira, 2 de Novembro de 2010
Plenário de militantes das freguesias da zona norte de Coimbra

 

Por iniciativa da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista, realiza-se hoje, terça-feira, dia 2 de Novembro, pelas 21 horas, na sede da Junta de Freguesia de Eiras, um plenário de militantes das freguesias da zona norte de Coimbra.

Para análise da situação política e preparação do “Encontro Concelhio de Autarcas Socialistas”, foram convidados a participar neste plenário, os camaradas das freguesias de: Botão, Brasfemes, Eiras, São Paulo de Frades, Souselas, Torre de Vilela, Trouxemil e Vil de Matos.

Esta reunião plenária conta com a participação de Carlos Cidade, presidente da Comissão Política Concelhia do PS/Coimbra e João Portugal, deputado socialista à Assembleia da República eleito pelo distrito de Coimbra.



publicado por José Soares às 14:58
link do post | favorito

Segunda-feira, 28 de Junho de 2010
Primeira reunião da Comissão Política Concelhia

Partido Socialista de Coimbra

 

Que Lisboa pratique a descentralização e assuma que o país é um todo e que estamos perante um projecto que sempre foi uma bandeira dos socialistas, e que não pode ser amputado”, afirmou Carlos Cidade, dirigindo-se directamente a Paulo Campos.

 

 

 

Decorreu no passado dia 25/Junho, no Centro Cultural e Recreativo Valonguense, localizado em Valongo, freguesia de Antanhol, a primeira Reunião Ordinária da Comissão Política Concelhia de Coimbra do Partido Socialista.

Durante a campanha eleitoral, o agora presidente da Concelhia, Carlos Cidade, prometeu que a primeira reunião deste órgão seria em Antanhol e assim aconteceu, com a colaboração dos camaradas da Secção do PS de Antanhol.

Nesta reunião, esteve presente o camarada Paulo Campos, que exerce funções de Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas e Comunicações, para abordar o primeiro ponto da ordem de trabalhos – “A Situação de Crise Económica”.

Carlos Cidade, fez questão de convidar para participar na reunião o Prof. Álvaro Maia Seco, para abordar o processo do Metro Mondego.

Dos vários intervenientes, ressalta a ideia da preocupação sobre a situação do projecto do Metro Mondego, o que foi dito directamente ao membro do Governo, Paulo Campos, que informou que sobre esta matéria o Governo ainda não tomou nenhuma decisão. Sobre este mesmo assunto, Carlos Cidade, dirigindo-se directamente a Paulo Campos, disse:Que Lisboa pratique a descentralização e assuma que o país é um todo e que estamos perante um projecto que sempre foi uma bandeira dos socialistas, e que não pode ser amputado”.

Foi aprovado na generalidade o Regimento de Funcionamento da Comissão Política Concelhia (CPC). Irá agora ser analisado na especialidade por uma comissão composta por: Eliana Pinto, José Manuel Ferreira da Silva, Paulo Valério e Isabel Janelas.

Para a Mesa do Plenário da CPC, foram eleitos os seguintes camaradas: António Vilhena, presidente, Ana Paula Pinto Bravo e Susana Pereira, secretárias.

Para chefiar o Gabinete do Presidente da Concelhia, Carlos Cidade designou o camarada José Soares.

Para o Secretariado da Concelhia, foram eleitos os seguintes camaradas: Pedro Miguel Martins, Maria Rosário Pimentel, Mário Carvalho, Ramiro Simões Santos, João Pedro Trovão, Ana Rosa Vaz, António Sequeira, Eliana Pinto, Pedro Malta e Carlos José Martins. Neste órgão, tem inerência o presidente da JS/Coimbra, André Oliveira.

Por proposta do presidente da Concelhia Carlos Cidade, foi aprovada uma resolução, que declara “total apoio à candidatura do camarada Manuel Alegre para Presidente da República”. Pedro Miguel, membro do Secretariado do CPC, foi indigitado como o elemento de ligação desta Concelhia com a direcção de campanha de Manuel Alegre.

Dada a forma como decorreu esta reunião e pela postura positiva de todos os intervenientes, e pela esmagadora maioria que aprovou todas as propostas em votação, pode-se dizer que as eleições são passado e que o objectivo é agora comum a todos os socialistas de Coimbra – colaborar para preparar o partido para ganhar a câmara e o maior número de freguesias.

Saudações socialistas.

Coimbra, 28 de Junho de 2010

 

Pel’O Presidente da Comissão Política Concelhia

O Chefe de Gabinete,

josesoares.ps@gmail.com

 

ELEITOS para os novos órgãos concelhios

 

 

(Para ler clique na imagem)

 

Além dos eleitos, há também as várias inerências que têm assento neste órgão, mas sem direito a voto.

 



publicado por José Soares às 22:00
link do post | favorito

José Soares
pesquisar
 
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Reunião com autarcas mili...

DEFENDER PORTUGAL - Fórum...

Delegação do PS/Coimbra r...

Reunião "secreta"

PS/COIMBRA Secretariado d...

Federação de Coimbra prom...

PROT - Socialistas do dis...

Mário Ruivo apela à união...

Reunião plenária de socia...

Reunião plenária de socia...

Reunião plenária de socia...

Plenário de militantes da...

Reunião plenária de socia...

Plenário de militantes da...

Plenário de militantes da...

Reunião plenária de socia...

Plenário de militantes da...

Plenário de militantes da...

Primeira reunião da Comis...

arquivos

Março 2015

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds